Casa-grande & senzala

Casa-grande & senzala

Sinopse

Casa-grande & Senzala, em 1933, quando teve sua primeira edição publicada, foi mais do que uma redescoberta da nação brasileira, representou uma espécie de fundação do Brasil no plano cultural, como observou Darcy Ribeiro. Valorizando o papel do negro na história brasileira, exaltando a miscigenação racial, desmistificando preconceitos e reconhecendo a originalidade de nossa cultura, Gilberto Freyre revolucionou a historiografia. Passados 80 anos, continua sendo um clássico da nossa literatura, mostrando, com beleza e vigor, a formação do povo brasileiro pela mistura de raças e culturas.

Autor

Gilberto Freyre nasceu no Recife, Pernambuco, em 15 de março de 1900, onde também faleceu, em 18 de julho de 1987. É considerado um dos maiores intérpretes da formação histórico-social brasileira. Estudou nos Estados Unidos, onde se formou bacharel em Artes Liberais na Universidade de Baylor, Texas, em 1920, e Master of Arts, na Universidade de Columbia, Nova York, em 1922.Autor de Casa-grande & senzala (1933), obra seminal da historiografia brasileira, Freyre recebeu ao longo de sua vida muitos prêmios e títulos, nacionais e do exterior. Numa abordagem analítica inovadora, seus estudos apontaram para as vantagens do processo de miscigenação racial ocorrido no Brasil.Foi deputado federal pela UDN entre 1946-1950, período em que criou o Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais, a atual Fundação Joaquim Nabuco. Gilberto Freyre lecionou em universidades europeias e norte-americanas e teve vários de seus livros traduzidos para diversos idiomas.